Todos somos heróis

Interessante notar que enquanto estamos vivos, poucos parecem se importar realmente com a gente, ou com qualquer um. O valor de cada ser é menosprezado enquanto vive.

Mais interessante é notar que, enquanto a maioria esmagadora [com redundância mesmo] é menosprezada – levando-se em consideração cada ser vivo deste mundo – uns poucos levam a glória de todo o resto junto.

Como somos hipócritas ao dar valor a coisas que pra nós, realmente não valem nada. Muitas vezes nos encontramos dando mais valor a fulano de tal em vez de alguém de nossa família só porque ele é um cantor famoso, ou uma artista soberbamente linda, e famosa.

Daí eu pergunto: Quando estivermos enfermos, quem virá nos ajudar? Quando estivermos necessitados de qualquer tipo de ajuda, poderemos confiar em nossos ídolos? Quando surge uma emergência no meio da noite, porque chamamos nossos parentes e não os tais famosos?

Essas perguntas podem até parecer meio sem lógica, ou ainda perca de tempo tentar respondê-las ou meditar em possíveis respostas para coisas normais da vida. Realmente, o artista, justamente por ser artista e famoso não pode nos acompanhar em momento algum de nossa vida. Com certeza cada famoso tem noção de menos de 5% do total de seus fãs.

Por isso, o que devemos abordar neste caso é: Vale mesmo a pena deixar de lado quem nos acompanha a vida inteira – deixando-o(a) sozinho(a) em casa, enquanto ela só quer um pouquinho mais de atenção ou um pouquinho mais de esforço e dedicação nossa – pra prestigiar alguém que nem sabe que eu existo? Muitas vezes essa pessoa faz muito mais por nós do que sequer imaginamos. E ainda ingratos quando há qualquer minúscula falha, acabamos por dizer que aquela pessoa não presta, não faz nada, ou só faz atrapalhar nossa vida, enquanto na realidade são todos heróis pra cada momento de nossa vida.

Todos nós temos um imensurável valor, pra pelo menos alguém: o próprio Deus!

Realmente, se somos esquecidos, se somos menosprezados, ou não reconhecidos naquilo que fazemos, estamos sofrendo de tremenda injustiça, pois por mais que não façamos algo perfeitamente bem, todos sabem que ninguém mais neste mundo saberá fazer do mesmo modo que eu faço, em todas as suas nuances. Mas há um ser que percebe isso, e vê o valor – e imenso valor – de cada coisa que você faz, porque Ele foi quem te criou assim.

Muitas vezes nós mesmos nos menosprezamos, e ficamos com raiva de outrem por não nos valorizar; mas como queremos ser valorizados se nem nós mesmos nos valorizamos? O certo é que cada ser vivo, humano ou não tem seu valor neste e para este mundo. O único que consegue perceber isto, em todo o tempo, a qualquer momento, vibrando de amor com cada singularidade é o próprio Deus.

Algumas poucas vezes conseguimos – principalmente quando estamos apaixonados – perceber as singularidades de algumas pessoas. Com certeza você já se pegou, ou vai pegar dizendo um dia: “Como eu gosto da maneira dele(a) falar!”, ou ainda, “Só ele(a) pra me fazer sorrir desse jeito com essas piadas sem graça!”. Acredito que você leitor concorda comigo que quando chegamos nesse estágio, nosso coração parece liberar de um certo amor, como se o sangue descesse mais suave pras veias fazendo todo o corpo arrepiar de um prazer puro, sem malícia, só de amor. E claro, desejamos viver com esta pessoa, seja só em amizade, seja matrimonialmente, pro resto da vida.

Acredito que assim acontece com Deus, não do mesmo jeito, claro, mas semelhantemente. De fato, Ele deseja viver com cada um de nós pro resto da eternidade, e ao mesmo tempo com todo mundo junto, apreciando a particularidade de cada um, e de todos num conjunto – simplesmente uma multidão é diferente da outra.

Mas infelizmente, não percebemos o grandioso valor nem de  umas poucas pessoas em nossas vidas, enquanto, como disse antes, todos têm imenso valor. E pra piorar a situação, parece que nossos olhos só percebem o real valor de cada pessoa, ou o quanto cada uma delas era incrivelmente especial pra nós, quando ela parte.

Até mesmo entre os artistas famosos isso acontece; acredito que muitos entram em depressão ao ver que seus fãs não se interessam pela pessoa dele em si, mas simplesmente por sua fama – realmente nunca vi um músico ser assediado de verdade enquanto não fizer sucesso. Ou uma atriz ser reconhecida enquanto não fizer um grande trabalho ou namorar outro artista ainda mais famoso. Se as pessoas gostassem mesmo da pessoa do artista, cada um de nós seria famoso antes mesmo de ser artista.

Contudo, algo está certo: o fim. No fim, o menos valoroso de nós consegue ser reconhecido, pois aqueles que realmente necessitam de nós – e não são poucos – e por enquanto não nos valorizam, percebem que um dia, mesmo no fim, nós – cada um de nós – fomos heróis pra sua vida. E ainda que isso não aconteça, há um que vibrará com nossa presença eterna ao seu lado: Deus! Sim, ele anseia para levar junto a si os grandes e pequenos, valorosos e humildes, ricos e pobres, brancos e negros, homens e mulheres, poderosos e inexpressivos; nenhum por sua condição, status ou misericórdia, mas todos por suas suaves e apaixonantes particularidades e valor!

Sim, você é extremamente valioso pra o único que sabe medir com perfeição o valor das pessoas, ou seja, Aquele que nos criou! Você é um herói!

Início do blog

Anúncios

Publicado por

Evandro J.R. Silva

É Doutorando em Ciência da Computação. Convertido desde os 6 anos de idade, a partir dos 15 anos começou a ler e estudar a Bíblia autodidaticamente. É membro de uma Igreja Batista. Gosta bastante de jogos eletrônicos e de ler, principalmente sobre apologética e literatura fantástica. Tem como gosto musical preferido o metal sinfônico.

2 comentários em “Todos somos heróis”

  1. Parabens a começar do título o texto é maravilhoso e digno de uma boa reflexão,´pois temos fortes tendencias de não valorizarmos o que estão bem próximo a nós, mesmo sabendo ue são com estes que contamos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s