Cair no Espírito não é do Espírito

Agora vamos discorrer sobre João, que escreveu Apocalipse. Logo no primeiro capítulo Jesus se revela a ele. Percebemos aqui outro detalhe: João estava em espírito! E ao ver Jesus caiu inconsciente, mas Jesus pôs sua destra sobre ele. Como ele pôde ouvir tudo o que Jesus continuou dizendo, podemos concluir que ele fora retirado da inconsciência! Mais um detalhe que podemos perceber aqui que corrobora com o que aconteceu com Daniel: a presença divina inspira um temor fortíssimo! Então aqueles que alegam cair pelo poder do Espírito, se não caem pelo temor (diga-se medo mesmo), pelo Espírito é que não caem!

Outra característica de alguém que cai pelo poder divino, pode ser lido em Apocalipse 19 e 22, onde João se lança por livre e espontânea vontade aos pés do anjo para adorá-lo! De forma semelhante, quando, nos dias de hoje sentimos a presença de Deus, em vez de cair pra trás, sentimos vontade de nos ajoelharmos!

Mas, nem sempre, quando Deus se manifesta, caímos! Moisés e Isaías experimentaram disso e não caíram. Moisés conversava com o Deus face a face, e ainda viu a glória do Senhor! E enquanto via a glória de Deus, prostrou-se em terra voluntariamente para adorar!

E Moisés, vendo Deus diretamente encheu-se de medo, ao ponto de dizer ‘Ai de mim!’. Outra característica que vemos aqui em Moisés de alguém que vê Deus: a luz do Senhor nos faz ver como somos, pois Moisés logo se denunciou dizendo que tinha lábios impuros! Diante de Deus nós vemos quem realmente somos!

Portanto, até agora vimos que, quando há manifestação da parte de Deus e as pessoas caem, caem para frente, e algo sempre acontecia: uma visão era entregue, ou a explicação de uma visão era entregue!

Mas eis que no novo testamento, Deus começou a se manifestar, primeiro através de Jesus e depois através do Espírito!

Jesus estava trazendo a nova lei, mas em nenhum momento fez estripulia! Ele chegou a soprar sobre os discípulos, entregando o Espírito a eles, e o que aconteceu? Nada! Os discípulos simplesmente receberam o Espírito, mas não caíram, não começaram a falar em línguas, nem começaram a lutar com o ar, e nem tentaram furar o chão com os pés!

Quando Jesus ascendeu aos céus, e depois do pentecostes ficou mais do que claro que o Espírito Santo havia começado a se manifestar, vemos que os discípulos prezavam pelas tradições, em vez de ignorá-las ou pregar para que os cristãos se abstivessem delas! Eles curavam só com a sua sombra! Enquanto hoje os apóstolos que derrubam centenas de pessoas de uma vez não conseguem fazer milagres! E os que ainda dizem que fazem, tem seus milagres objetados!

Muitos desses milagreiros distorcem a palavra como alguém faz com um pano para tirar a água! Se você, meu leitor, ler o livro chamado Cristianismo em Crise, você verá que muitos desses maiores pastores falam muitas e enormes heresias! Eles diminuem Deus para crescerem!

Anúncios

Publicado por

Evandro J.R. Silva

É Doutorando em Ciência da Computação. Convertido desde os 6 anos de idade, a partir dos 15 anos começou a ler e estudar a Bíblia autodidaticamente. É membro de uma Igreja Batista. Gosta bastante de jogos eletrônicos e de ler, principalmente sobre apologética e literatura fantástica. Tem como gosto musical preferido o metal sinfônico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s